sexta-feira, 1 de outubro de 2010

É uma pessoa séria, pronto

A 25 de Novembro de 2009 Sócrates garantiu que não aumentaria impostos.

A 8 de Março de 2010 Sócrates vangloriou-se: “O mais fácil seria aumentar impostos”

A 12 de Maio de 2010 Sócrates estava satisfeito com crescimento no primeiro trimestre.

A 6 de Junho de 2010 Sócrates garantiu que o mais recente aumento de impostos era suficiente.

A 2 de Julho de 2010 Sócrates dizia que o crescimento do desemprego vai continuar a abrandar .

A 13 de Agosto de 2010 Sócrates garantia que o crescimento do PIB no segundo trimestre consiste num “sinal de grande encorajamento e confiança para a recuperação da economia portuguesa”.

A 24 de Agostro de 2010 Sócrates afirmava que o crescimento da economia portuguesa, entre Janeiro e Junho, foi o dobro do previsto pelo Governo.

A 29 de Setembro de 2010 Sócrates anuncia o segundo aumento de impostos do ano.

4 comentários:

Este Blogue precisa de um nome disse...

Olha ele que vá para o raio que o parta. Ele e a gentalha que nele votou. Vão todos à merdinha, sim?

Joaninha disse...

Toca a pôr toalhas ou bandeiras pretas nas janelas, mas não
é só 50.000 pessoas, era centenas de milhar, não acho que ele vá ceder por causa disso, mas o povo não pode baixar os braços.
Não sei se já viu essa da "Matança do Porco" no facebook.

http://www.facebook.com/event.php?eid=157769514251584

'Mimi disse...

Tá louco!

badmary disse...

Aqui entre nós, eu suspeito que ele é bipolar :(