terça-feira, 16 de setembro de 2008

A Madonna foi a Chelas

Este texto não é da minha autoria, mas descreve perfeitamente o que eu senti no Concerto da Madonna de Domingo passado.
Está muito, muito engraçado!!!

O texto é da autoria da "Pipoca" no blog:
http://apipocamaisdoce.blogspot.com/

"Se eu tivesse escrito ontem sobre o concerto da Madonna, fresquinha, acabada de chegar a casa e com a raiva nos seus níveis máximos, de certeza que deixaria escapar qualquer coisa como "fo**-se, caralh* p'ra esta merd*, que não se viu um c*, put* de organização, vão mas é todos fod*r-se". No entanto, e como já tenho uma noite de sono e vários chás em cima, estou muito mais calma e analítica. Portanto, o que tenho para dizer sobre este concerto é: "foda-se, caralho para esta merda, que não se viu um cu, puta de organização, vão mas é todos foder-se".

Toda a gente vem agora criticar a Everything is New e a sua aparente ganância, mas eu saio em defesa deles. Foi estúpido só meterem lá 75 mil almas, porque aquilo, com jeitinho, ainda ia aos 150 mil. Assim como assim, só para aí uns dez mil é que conseguiram vislumbrar a diva, o resto estava a quilómetros do palco, por isso acho mesmo que a Everything is New não teve olho para a coisa. Foram bambis. Podiam ter alargado o perímetro do parque da Bela Vista (cujo nome é só o maior contra senso de todos os tempos) até, sei lá, Corroios, que a malta ia ver exactamente o mesmo: nada!

Passei o tempo a saltitar dum lado para o outro em busca duma nesga de palco, entre encontrões e gente que nunca na vida deve ter saído de casa para ir a um concerto e ficava extremamente amofinada ao mais leve toque (estive quase a pegar-me ao estalo com uma jovem que gritava "MAS PORQUE É QUE TODA A GENTE HÁ-DE PASSAR POR AQUI? PORQUE É QUE NÃO VÃO POR OUTRO LADO?"). E, por fim, lá me estabeleci numa encosta onde conseguia ver a Madonna sempre que ela vinha ao palco central. Quando voltava ao palco principal, ouvia e já não era nada mau.

Gostava também de dedicar cinco minutos de reflexão ao tema "quem é que se lembrou de prender os ecrãs gigantes apenas pela parte de cima, deixando-os oscilantes e a balançar ao vento?". Ora aquela merda era a única maneira possível de alguém conseguir ver alguma coisinha que fosse, mas até isso falhou!!! Os ecrãs andavam para a frente e para trás, "agora vê-se, agora não, agora vê-se, agora não, olha a cabecita da Madonna, não, agora já não".

O concerto em si foi engraçado, mas nada de especial, sobretudo para quem, como eu, já tinha estado no Atlântico há quatro anos. Na Bela Vista foi tudo muito multimédia, versões muito a puxar para o "disco", uma Madonna que ainda se mexe (e bem), mas que também já não está para se chatear. E minha querida, vir para Lisboa perguntar "hablais español?" não foi a coisinha mais esperta que podia ter feito, não foi. Vamos ter que repensar essa atitude e ler a Cabala 18 vezes, está bem?

A cereja no topo do bolo foi mesmo no final, quando estava à espera dumas amigas na barraca da CGD (um cubo com duas caixas multibanco e nada mais) e uma jovem se abeira e pergunta "desculpa, é aqui a tenda do merchandising oficial da Madonna?". Estive para responder "sim, é mesmo aqui, metes o cartão na máquina e saem notas com a cara dela", mas fui boazinha e expliquei só que ali era o Multibanco.

A Pipoca ainda está magoada. Bela Vista, jamé!"

E eu subscrevo: BELA VISTA JAMAIS! Nunca mais lá me apanham.

3 comentários:

Maria João disse...

Pois é...eu também lá estive e vi a Madonna do tamanho de uma formiga!
Gostei, mas sinceramente pouco vi. Não tenho base de comparação porque foi a primeira vez que vi a "Deusa" em palco, mais concretamente no ecrã gigante.
Vamos ser positivos e constatar que a fã n.º 1 da Madonna pensou em todos os pormenores...A Sofia foi sem duvida a estrela (a Deusa que me desculpe). Já agora, aproveito para sugerir aulinhas de recomendações e pareceres à Everything Is New... A "Empresa Gramaxo & Delgado Events", foi superior em tudo!
Despeço-me com amizade, até uma próxima ocasião (bem longe da Bela Vista)!!! "Fiona"

Anónimo disse...

Oh pá, Sofs, ao final de um dia , ler um texto destes, é fabuloso! adorei! beijocas Bé

Carlos Teles Grilo disse...

Para não pensares que sou uma pessoa conflituosa (!!) passei por aqui só para dizer que tb costumo ler e postar na Pipoca, é de facto um blog muito engraçado e ela escreve de uma forma muito irónica, satírica, que eu gosto.

Belo copy/paste... muito oportuno!

bjs...